Anotações de um sonhador

O olhar seduz. O que tem vontade silênciosa. Manso e selvagem a espreita.
Aguarda a oportunidade, o descuido intencional. O jeito tímido intimidador excita.
Faz a mente ir onde o corpo deseja. Faz o olho no olho ter tato e o tato sentimento.

Foto: Marcelo P. Batschauer

O olor do vento que passa veloz apressado atrás do teu corpo traz o perfume que preciso.
Faz a mente arrancar o pano quente que protege a pele, a moldura da alma.
Liberta o feroz hormônio que circula na veia, que sugere a carne, que deseja tudo.
Aguça o olfato que vê o ar, o cheiro, a imaginação.
Quer a odre um toque rijo e macio. O gosto agridoce do desejo.

 

A mente que cria verdades e mentiras e justifica todas por um minuto de toque.
O som úmido dos seus lábios tocam os ouvidos como o alarido suave da água corrente.
Refresca e aquece ao mesmo tempo. Pulsam artérias e pensamentos.
A visão da obra prima esculpida por anos faz vibrar o querer.

Sobe, desce, tira. Os cabelos escorrem entre os dedos. Lisos, crespos.
A nuca, a mordida, o sussuro ventila arrepios.
O beijo suave eriça. O sopro quente do hálito atiça.
Logo todo o corpo está desnudo, entregue, vibrante.
Logo tudo está escuro, aberto, ofegante.

Nó de corpos nus. Nós num só corpo, um.
O frenesi e a calma gritam alguns gemidos e
dizem obscenidades, verdades e fantasias.
O absurdo não é nada. A devassidão se justifica.
O tempo para, o amor suplica.
O sorriso silêncioso tem gosto, não tem pressa,
tem sono e sonha acordado.

(batschauer)

Anúncios

Uma resposta em “Anotações de um sonhador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s