Poeta, areia de ampulheta.

Pequeninas partes de si.
Vocábulos pinçados entre sinônimos.
Escolhidos para dar brilho e sentido.
Ditos para esconder mostrando.
Esconde-esconde da infância adulta.

Pequeninos versos versam sobre o universo.
Profetizam idéias, fantasias.
Virtualizam a criação como sonhos.
Tudo parece real, mas sempre acordam no final.

Meninices repetem mesmices.
Todas de inocência emocional.
Todas cíclicas atitudes humanas.
Nenhum erro, nada certo também.

Homem, o filo zoo, fia a vida na ciranda,
no carrossel gira-gira do tempo,
do infinito que nasce e morre todos os dias.

Pequeninas repetições.
Inversos como verão e inverno.
Sempre são primaveras das flores
e outonos das folhas no chão.
Pequeninos grãos da areia são palavras.
Residentes na ampulheta que recomeça
no receptáculo de todo poeta.

(batschauer)

Anúncios

2 respostas em “Poeta, areia de ampulheta.

  1. Quanta inspiração, bonito poema, verdadeiras palavras, demonstram que nós pobres mortais, muitas vezes pensamos e/ou agimos como a inscontância das estações, ora somos quentes, ora frios, ora nem uma coisa e nem outtra, porém no intimo somos todos inocentes, em busca do descobrir o sentido de viver!
    Beijos

    Curtir

  2. Marcelo,

    Na maioria das vezes tememos ser mais explícitos, demonstrar nosso afeto, talvez porque temamos de antemão a perda.
    Sempre bom lembrar que as situações, oportunidades são únicas, as pessoas são singulares e sempre vale arriscar… e a vida escorre, feito areia de ampulheta!

    Te admiro também, sabes disso!

    Um carinhoso abraço

    marlene

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s